7 dicas para quem está pensando em comprar o primeiro imóvel, casa ou apartamento - Dimobi Cia. Imobiliária


Sabemos o quanto a ansiedade toma conta na hora de escolher o primeiro imóvel para comprar, casa ou apartamento, um lar para ser o seu cantinho, a realização do sonho da casa própria. Mas não é uma tarefa fácil a compra do primeiro imóvel, e como é um investimento de alto valor, é preciso muito planejamento antes de comprar seu primeiro imóvel, casa ou apartamento.

Aqui na imobiliária Dimobi em Gravataí todo dia ajudamos clientes que estão em busca da compra do primeiro imóvel. Então veja algumas dicas que separamos para ajudar no planejamento da compra do primeiro imóvel, casa ou apartamento:

1 - Novo ou usado?
 As pessoas que compram o primeiro imóvel normalmente precisam do recurso de financiamento, e o imóvel, casa ou apartamento novo costuma ser mais fácil de financiar, pela questão burocrática da documentação, pois tem imóveis usados que não tem a documentação em dia para aprovar o financiamento, mas isso não é regra, tem muito imóvel usado apto ao financiamento, e as vezes com o valor é mais em conta.

2 - Quanto maior o valor da entrada, menor o financiamento e menos juros pra pagar
 Como falamos a maioria das pessoas buscam pelo financiamento, mas vale um esforço para financiar o menor valor possível. Venda algum bem, mude os hábitos para fazer uma economia, vale até um empréstimo com algum familiar para tentar dar uma entrada de um valor mais alto. Quanto menos financiar, menos juros pagará.

3 - Fique atendo ao valor da parcela do financiamento
 A parcela não pode ser uma corda em seu pescoço pra quem compra um imóvel, casa ou apartamento financiado, o ideal é que comprometa no máximo 20% da sua renda líquida mensal. E pense que o financiamento dura em média 30 anos, muitas vezes mais que um casamento.

Quando fizer a simulação do financiamento é a hora de analisar a parcela, ver se vale a pena a compra do imóvel ou se isso pode prejudicar a renda familiar, e repensar se não seria mais interessante partir para opção do aluguel.

4 - Qual melhor banco para financiar o imóvel
 O melhor banco para o financiamento do imóvel, casa ou apartamento é aquele que oferece a menor taxa de juros. Mas é preciso ficar atento, pois às vezes, para ter uma taxa menor, o banco te obriga a embutir pacote de outros produtos, que no final das contas não valem à pena.

5 - Faça um negócio legal e seguro
 O auxílio de uma imobiliária é imprescindível para ver se os documentos estão todos ok e validar toda operação de forma segura e transparente, modéstia parte isso é regra fundamental aqui na imobiliária Dimobi, segurança e transparência para o cliente. A participação da imobiliária na compra de um imóvel, casa ou apartamento é um investimento que pode custar mais caro, mas é fundamental para evitar futuras dores de cabeça ou até mesmo a perda.

6 - Use o seu FGTS na compra do imóvel
 É possível receber o benefício do FGTS - Fundo de Garantia por Tempo de Serviço quando se vai comprar um imóvel, casa ou apartamento. Também é possível usar o FGTS para quitar, amortizar a dívida ou pagamento de parte das prestações do financiamento habitacional. É uma excelente opção usar o FGTS na compra do imóvel, por ser um dinheiro parado que rende pouco. Mas este benefício é atribuído apenas as pessoas que não possuem nenhum outro imóvel no nome.

7 - Procure ajuda de uma imobiliária
 A escolha do imóvel, casa ou apartamento não é uma tarefa fácil, por isso o ideal é o auxílio de um corretor, aqui na imobiliária Dimobi a gente faz o melhor possível para atender as expectativas do cliente de forma efetiva, evitando desgaste de tempo, auxiliamos na importância das prioridades das características que são mais importantes em um imóvel para o cliente, como mobilidade, se é próximo a ponto de ônibus, comércios, escolas, visitar o imóvel mais de uma vez pra ver se o bairro é barulhento ou mais calmo, visitar de dia e de noite, analisar a segurança, conhecer o trânsito local. É mais rápido encontrar o imóvel que você procura com a ajuda de uma imobiliária.